História de Vida

O idoso que percorre 12 km para receber o seu subsídio

Tomo Matale

Tomo Matale é um idoso e a sua força já é escassa. Mesmo assim, percorre aproximadamente 12 km a pé, da sua residência para o posto de pagamento onde recebe 540 Meticais de subsídio social básico no distrito de Muanza, comunidade de Nhansato, em Sofala.

Um posto de pagamento mais próximo da sua comunidade poderia diminuir o tamanho esforço que este beneficiário realiza, bem como outros, que como ele percorrem grandes distâncias para ter acesso aos valores de subsídio.

Através da Monitoria Comunitária Independente (MCI), a Plataforma da Sociedade Civil Moçambicana para Protecção Social (PSCM-PS), no âmbito do Programa de Apoio aos Actores não Estatais (PAANE), financiado pela União Europeia, advoga para abertura de novos postos de pagamento nos locais onde se realiza a MCI e não só. Em alguns locais foram abertos novos postos de pagamento no sentido de aproximar os serviços a comunidade. Apesar destes ganhos importantes, ainda prevalece a necessidade de abertura de mais postos de pagamento.

Mais Histórias de Vida

Newsletter

Receba notícias directamente no seu e-mail.
Desenvolvido pela SOCIAL Mozambique